Projetos

Apresentamos os projetos mais interessantes devido à sua sustentabilidade, eficácia e visibilidade. Graças às nossas capacidades garantimos a melhor gestão integral em cada trabalho.

 

Centro de reparação e manutenção de material rodante

Luanda (Angola)

O Objetivo do Projeto é dotar o INCFA (Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola / Ministério dos Transportes) da infraestrutura e do equipamento completo para o pleno funcionamento das oficinas de manutenção e reparação de unidades múltiplas diesel da linha Bungo - Bahia - Catete - NAIL, na província de Luanda.

 

REABILITAÇÃO DE ESTRADAS E CONSTRUÇÃO DE UM PONTE

Benim (Benin)

C ontribuir para a criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento económico e social do Benim, melhorando parte da sua rede rodoviária, acelerando o ritmo das obras de construção, reabilitação e asfaltamento e implementando um programa rigoroso de manutenção e controlo da rede.

 

CONSTRUÇÃO DE COMPLEXOS HOSPITALARES

Yaounde (Camerun)

O projecto global consiste na construção de dois novos e modernos complexos hospitalares que oferecem cuidados de alta qualidade com instalações de formação e investigação, um hotel de trânsito e residências para pessoal médico, tudo no âmbito da missão do Ministério da Saúde Pública de desenvolver novos complexos hospitalares para combater a doença, contribuir para a melhoria dos serviços de saúde e para o bem-estar dos camaroneses.

 

Gestão, operação e manutenção do sistema de abastecimento de água

Uige, Malanje et Ndalatando (Angola)

Com a missão de reduzir a mortalidade por doenças transmitidas pela água entre a população de Angola, o Banco Mundial continua o desenvolvimento do Projecto de Desenvolvimento Institucional do Sector da Água (PDISA II).

 

Centro Penitenciário de Máxima Segurança

Ndalatando (Angola)

O Governo de Angola deu prioridade ao Serviço Prisional como um dos sub-sectores mais difíceis em Angola, exigindo reformas e reabilitação urgentes. Este projecto visa contribuir para a optimização da segurança interna de Angola e para a melhoria das condições de vida e oportunidades de reabilitação dos reclusos.

 

Fornecimento e instalação de electrificação rural

Bengo (Angola)

O Governo Provincial do Bengo, como parte da sua política para o desenvolvimento socioeconómico da província, propôs um esquema de electrificação para fornecer energia a áreas seleccionadas da província.

 

Concepção, fornecimento e instalação de equipamento e apetrechamento aeroportuário

Zaire (Angola)

A construção do novo aeroporto M'Banza Kongo, para além de representar o desejo do Executivo de impulsionar o sector dos transportes do país, é também uma das exigências da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) na sequência da recente inclusão da cidade de M'Banza Congo, a antiga capital do Reino do Congo, na lista de Sítios do Património Mundial.

 

Assistência técnica para o fernecimento de água potável

Malanje (Angola)

Sempre com o fim de assegurar o acesso global a água potável, no âmbito do compromisso da Cooperação Espanhola com o setor da Água, desenvolveu-se em Angola um Programa de Assistência Técnica para promover a gestão segura dos recursos hídricos.

 

Electrifiçao rural

Luanda Sul, Cuando Cubango y Kwanza Sul (Angola)

Tendo em consideração o autoabastecimento energético necessário para o desenvolvimento eficaz, proporciona-se um fornecimento de equipamento com instalação de kits fotovoltaicos autónomos para gerar energia elétrica em edifícios e instalações de serviços públicos básicos, como escolas, postos médicos, esquadras de polícia, edifícios da administração local, centros comunitários, etc., para além de postes de iluminação pública fotovoltaica.

 

Fornencimento de soluções integrais aeroportuárias

Catumbela (Angola)

O aeroporto da Catumbela, na província de Benguela, modernizou a sua infraestrutura, equipamento e tecnologia de comunicações para transformar-se num aeroporto internacional e assim atender a necessidade de descentralizar a aviação civil de Luanda. Desta forma quis-se apoiar o desenvolvimento do Corredor do Lobito no âmbito da mobilidade nacional.